Trabalhar com visto de estudante nos Estados Unidos

O governo americano é bastante rígido quando o assunto é trabalho ilegal, inclusive com estrangeiros que vão estudar nos Estados Unidos. Por isso, é muito importante conhecer as regras oficiais que regem o trabalho com posse de visto de estudante no país. Antes de qualquer coisa, você precisa saber o que significa estas duas siglas:

DSO (Designated School Official) – Funcionário da sua universidade americana que representa a instituição em todos os assuntos relacionados aos estudantes com visto F-1 (que permite cursar programas acadêmicos e cursos de inglês no exterior). É o responsável pela autorização de trabalhos, a realização de cartas de recomendação, e o auxílio no processo de validação de vagas para estudantes internacionais.

SEVIS (Student and Exchange Visitor Information System) – Uma parte do site do Department of Homeland Security (Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos) usado para coletar, divulgar e monitorar informações relacionadas a estudantes internacionais e intercambistas. Nele, você encontra dados e regras sobre trabalhar com visto de estudante.

Conseguir alguma função remunerada para bancar os estudos é sempre uma alternativa considerada por muitos estrangeiros. Mas é preciso ter em mente que qualquer trabalho exercido durante os seus estudos na América deve ser regulamentado e autorizado pelo governo e por sua universidade ou faculdade. O trabalho permitido para estudantes estrangeiros pode ser dividido basicamente em duas categorias: dentro e fora do campus acadêmico.

Trabalhar no campus: tendo um visto F-1, você é autorizado a exercer funções em seu ambiente acadêmico, em trabalhos dentro do campus da sua instituição. Para isso, é preciso uma carta de autorização de seu DSO e um Social Security number (número de nove dígitos emitido pelo governo aos cidadãos americanos, residentes permanentes e trabalhadores temporários). São permitidas apenas 20 horas de trabalho semanais, de forma a não atrapalhar os estudos.

Trabalhar fora do campus: após um ano completo de estudos, você pode pedir autorização para exercer funções além do seu ambiente universitário. O pedido deve ser autorizado pelo Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS – U. S. Citizenship and Immigration Services), que deverá lhe enviar uma carta de aprovação, a EAD (1-706 Employment Authorization Document). Para conseguir este documento, você precisa preencher o formulário I-765. Só então você pode procurar por um emprego fora do campus. As horas permitidas são as mesmas que o on-campus (20 horas semanais).

Os estudantes com visto F-1 também podem pedir autorização para dois tipos de treinamentos práticos em suas áreas de estudo: o CPT e o OPT.

CPT (Curricular practical training): Deve ser obrigatoriamente relacionado a sua área, e só pode ser realizado depois da conclusão de um ano completo de estudos nos Estados Unidos. Este trabalho temporário concedido a estudantes estrangeiros pode ser em período integral (durante as férias acadêmicas). O seu DSO deve lhe prover com formulário de recomendação (Form I-20) que ajudará a conquistar a vaga almejada. O CPT vale como um estágio ou treinamento profissional, e deve ser considerado parte do seu currículo acadêmico.

OPT (Optional practical training): este treinamento também tem que ser ligado à área do seu curso universitário. Para conseguir a autorização, você vai precisar do documento EAD e do Form I-20. Pode durar até 12 meses e é restrito a 20 horas/semana, durante as aulas, e em período integral durante as férias. Pode ser requisitado enquanto cursa a graduação (pre-completion OPT) ou após a sua conclusão (post-completion).

E por último existe também a opção OPT STEM Extension. Recentemente foi autorizada a permanência adicional de 17 meses, após conclusão dos estudos, de estrangeiros que conquistarem um diploma STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics) – ou seja, nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática. O intuito é oferecer treinamento prático extra e, possivelmente, autorizar a permanência legal e definitiva nos Estados Unidos. O objetivo do governo americano é manter no país estrangeiros que possam criar novos negócios e investimentos.

Vale ressaltar: todas as universidades internacionais que recebem estudantes estrangeiros têm um DSO e uma equipe responsável em orientá-lo em qualquer questão relacionada a trabalhar com visto de estudante. Eles devem ser contatados em qualquer caso de dúvida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s